Home / Destaque / CATÓLICOS DE TANGARÁ DA SERRA SE UNEM EM AÇÃO PAROQUIAL NO PLANTIO DE 800 ÁRVORES

CATÓLICOS DE TANGARÁ DA SERRA SE UNEM EM AÇÃO PAROQUIAL NO PLANTIO DE 800 ÁRVORES

Projeto “Uma Vida, Uma Árvore” leva voluntários a plantarem árvores como ato de restauração da Casa Comum.

a211b11a75ac97b1c254148aecc8321f

No sábado, dia 15 de dezembro, aconteceu a ação de plantio de mudas de árvores do Projeto “Uma Vida, Uma Árvore” desenvolvido pelos leigos e leigas da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, administrada pelos Freis Capuchinhos em Tangará da Serra – MT, que participaram da Formação em Nova Mutum (MT) neste Ano do Laicato. O intuito do projeto é realizar o plantio de uma árvore para cada Criança batizada na Paróquia.

Este projeto, inicialmente será de 2 anos, tendo seu início em 2019. Para cada criança que for batizada na Paróquia, será plantado uma árvore em algum lugar específico da cidade, e será emitido um certificado do plantio desta árvore e de batismo.

Entretanto, devido a Festa do Jubileu de 50 anos da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, foi decidido antecipar o início das atividades com o plantio de 800 árvores ainda em 2018.

O Projeto teve apoio da Paróquia Nossa Senhora Aparecida em parceria com a CEARPA, SAMAE e SEMMEA onde foi realizado o plantio de 800 mudas de diversas espécies na Estação de Tratamento de Água (ETA) de Tangará da Serra – MT, em covas providenciadas pelo SAMAE nas dependências da Estação.

As atividades do Projeto iniciaram-se com uma breve explanação sobre a importância da preservação ambiental, de se plantar árvores e cuidar dessa nova vida com muito amor, compromisso e responsabilidade reparando as ações contra a natureza, criação de Deus. Explanação essa, muito bem realizada pelo pároco capuchinho Frei Hélio Aparecido dos Santos.

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida, juntamente com os Freis Capuchinhos, parabeniza a iniciativa do projeto e agradece a participação de todas as Comunidades, Pastorais, irmãs da Divina Providência, que compareceram na execução desse gesto tão simples, mas de uma importância fundamental para a Casa Comum. O plantio foi realizado com sucesso, e todos são chamados a zelar e cuidar dessas pequenas vidas, assim como a natureza cuida e zela pela vida humana.

Natureza é vida. Vida é dom de Deus. É necessário cuidar uns dos outros e do meio em que se vive.

Fonte: Capuchinhos do Brasil /CCB

Deixe seu comentário