Home / Destaque / Carta da Coordenação Diocesana da Pastoral Familiar aos Párocos e Lideranças

Carta da Coordenação Diocesana da Pastoral Familiar aos Párocos e Lideranças

Pastoral-Familiar“A pastoral familiar deve ser fundamentalmente
missionária, em saída, por aproximação,
em vez de se reduzir a ser uma fábrica de cursos
a que poucos assistem” (AL 230).
Papa Francisco

Prezados párocos e lideranças nas paróquias!

Nós, Coordenação Diocesana da Pastoral Familiar, vimos através desta motivá-los a implementar a Pastoral Familiar nas paróquias da nossa querida e amada Diocese de Diamantino e empreender a missão de evangelizar, contando com o apoio dos casais.

Rendemos graças a Deus por todo o trabalho já desempenhado pela Pastoral Familiar nesta terra da Imaculada Conceição. Porém, podemos incrementar o trabalho à luz da Exortação Pós-sinodal “Amoris Laetitia” do Papa Francisco. É o tempo de renovar a esperança em Deus e crer na família e na sua importância para a Igreja e para o mundo. Propomos que sejam organizados momentos de estudo, aprofundamento, meditação e oração à luz desta exortação.

“A alegria do amor que se vive nas famílias é também o júbilo da Igreja” (AL 1). O Plano Diocesano de Pastoral apresenta como pista de ação para o ano de 2016 o fortalecimento da Pastoral Familiar. Promover e defender a família é missão de todos, pois ela é a fonte geradora da vida e dos valores humanos e cristãos. Estudar estes documentos é indispensável para quem se dispõe a seguir Jesus de Nazaré.

Para celebrarmos bem o mês vocacional e a Semana nacional da Família, a Comissão Nacional da Pastoral Familiar apresenta o Subsídio Hora da Família com o tema “Misericórdia na Família: Dom e Missão”. Este subsídio propõe encontros participativos e celebrativos. A encomenda pode ser feita pelo telefone (61) 3443-2900, diretamente na Secretaria Nacional da Pastoral Familiar.

Com o objetivo de suscitar nas consciências, nas famílias e na sociedade o reconhecimento do sentido e valor da vida humana em todos os seus momentos, a Igreja propõe para os dias 01 a 07 de Outubro celebrarmos a Semana Nacional da Vida, que foi instituída em 2005 pela 43ª Assembleia Geral da CNBB. E concluir no Dia do Nascituro, 08 de Outubro. Dediquemos este dia ao novo ser humano, à criança que ainda vive dentro da barriga de sua mãe. Celebremos o direito à proteção da vida, contra o aborto.

“A par duma pastoral especificamente voltada para as famílias, há necessidade duma ‘formação mais adequada dos presbíteros, diáconos, religiosos e religiosas, catequistas e demais agentes pastorais’” (AL 202). Em vista dessa formação, o Instituto Nacional da Pastoral Familiar, tem à nossa disposição um Curso de Formação à distância. Para implementação desta formação entre em contato conosco para maiores informações.

Pedimos um olhar de ternura para os casais em 2ª união. “Trata-se de integrar a todos, deve-se ajudar cada um a encontrar a sua própria maneira de participar na comunidade eclesial, para que se sinta objeto duma misericórdia ‘ imerecida, incondicional e gratuita’” (AL 297). O encontro para casais em 2ª união Grupo Bom Pastor é um meio de integração, a afim de que os casais se sintam acolhidos pela Mãe Igreja. Com carinho, da Comissão Diocesana da Pastoral Familiar.

Diamantino, 18 de Junho de 2016

assinatura pf

IMG-20160620-WA0024

Deixe seu comentário