Home / Movimentos / Acampamento / Acolhida do 1º Joam e do 1º ECC da Paróquia de Arenápolis

Acolhida do 1º Joam e do 1º ECC da Paróquia de Arenápolis

Neste Domingo dia 15 de novembro durante a Santa Missa na Igreja matriz São Sebastião foram apresentados e acolhidos os jovens que participaram do 1º Acampamento JOAM (Jovens e Adolescentes em Missão) realizado nos dias 30 e 31 de outubro e 1 e 2 de novembro bem como os 30 casais que participaram do 1º ECC (Encontro de Casais com Cristo) realizados nos dia 6, 7 e 8 de novembro.

joam ecc areia1

Nessa ocasião nosso pároco Pe Maurício Maidana nos apresentou uma vela recebida das mãos do Sr. Bispo Diocesano Dom Vital Chitolina, scj ao término da 32ª Assembleia Diocesana de Pastorais em Diamantino com a bênção de envio. O Padre Maurício compartilhou um pouco sobre a Assembleia onde foi aprovado o Plano Diocesano de Pastoral que será impresso no início do ano e norteará a caminhada da Diocese no quadriênio de 2016 a 2020. Com muita alegria nos informou que tanto o Acampamento quanto o ECC foram acolhidos e incluídos no novo Plano de Ação Pastoral. E assim que for impresso faremos uma formação para estudarmos e compreendermos melhor esse documento. E nos trouxe a novidade de que Arenápolis se tornara sede de nossa forania agora chamada: Forania de Arenápolis.

Durante a Santa Missa houve o batizado de uma jovem que não pode estar no segundo Domingo quando acontecem mensalmente os batizados. A jovem Wendy ficou muito emocionada e feliz por adentrar na caminhada da Igreja. Também foram convidados dois casais do ECC e dois jovens Joamistas para dar testemunhos das bênçãos e graças, curas e restaurações das famílias que receberam ao participar respectivamente desses dois encontros. Ao final, nosso Padre agradeceu cordialmente a todos que se envolveram nos preparativos e na realização do JOAM e do ECC e disse o quanto ama e abençoa essas experiências de evangelização, pois reconhece o bem que fazem aos que participam e como depois os participantes se envolvem e se engajam nos trabalhos na paróquia. Disse ainda que nossa paróquia está sendo renovada e é uma Igreja viva missionária e evangelizadora comprova isso o fato de que acontecem muitas visitas às famílias e orações em suas casas e nessas participam familiares, parentes, amigos e vizinhos e acreditem até evangélicos. E isso é de forma geral por que também outras pastorais e movimentos fazem o mesmo.

joam ecc areia

Pe Maurício disse que estamos caminhando muito bem e isso se atribui ao fato dos fiéis se comprometerem e assumirem seu protagonismo na paróquia. Pois sozinho o Padre faz muito pouco ou quase nada e sabe que por mais que faça bem não faz mais que sua obrigação pois “somos servos inúteis que fazemos o que deveríamos fazer” (LC 17, 10). Mas não há prática de amor que Deus não vê e que não retribua. E tudo tem dado certo por que não falta amor e cada um tem dado o máximo de si sem medir esforços e isso é agradável a Deus.

Deixe seu comentário